Verdades e Mentiras no diálogo divulgado de Temer, Meirelles e Dilma.

Verdades e Mentiras no diálogo divulgado de Temer, Meirelles e Dilma.

Temer (24/06/2016): Recebi uma herança maldita, mais complicada do que eu imaginava.

Dilma: A grande herança negativa do meu governo é o vice-presidente Michel Temer.

Meirelles, ministro da Fazenda (apenas 3 horas depois de Temer): A situação do Brasil é de solidez e segurança porque os fundamentos são robustos.

Dilma: Meu governo trabalhou duro para conseguirmos a solidez, agora usurpada por golpistas.

Meirelles: O país tem expressivo volume de reservas internacionais e o ingresso de investimento direto estrangeiro tem sido suficiente para financiar as transações correntes.

Dilma: Isso só atesta que meu governo fez o que precisava ser feito. Este resultado é fruto de anos de trabalho.

Meirelles – As condições de financiamento da dívida pública brasileira permanecem sólidas neste momento de volatilidade nos mercados financeiros em função de eventos externos.

Dilma: Longe de querer ser repetitiva, mas tudo isso foi feito sob minha liderança.

Meirelles: O Tesouro Nacional conta com amplo colchão de liquidez. A dívida pública federal é composta majoritariamente de títulos denominados em reais.

Dilma: Apesar de sua nota ser curta, ela é importante, pois diz tudo de certo que meu governo fez e vocês, golpistas, que diziam que p país estava quebrado, agora atestam tudo que fizemos. Esta nota é a prova cabal do golpe.

Meirelles: Além disso, o governo anunciou medidas fiscais estruturantes de longo prazo.

Dilma: São as mesmas medidas já anunciadas pelo meu ministro da Fazenda Nelson Barbosa, ele já comentou sobre o plágio.

Meirelles: A recente melhora nos indicadores de confiança e na percepção de risco do país reflete essas ações.

Dilma: Confiança Meirelles, qual? Aquela que sai na Globo, Veja, Folha, Época…? Se essa confiança realmente existisse toda semana teríamos pesquisas de opinião nos jornais e televisão, tudo transmitido ao vivo para mostrar a popularidade do governo que se dizia de salvação nacional. Sabe porque não tem pesquisas? Você sabe e o povo também.

Estratégia semelhante foi usada para manipular o povo com informações/pesquisas claramente produzidas para derrubar meu governo, o único legitimamente eleito pelo povo. Me polpe, Meirelles!

Meirelles: Nesse contexto, o Brasil está preparado para atravessar com segurança períodos de instabilidade externa.

Dilma: Isso até o cara do posto de gasolina sabia, mas os coxinhas fingiu não enxergar, agora quero meu lugar de volta. Até já!

(Extraído do OBRASIL.online / Postado por Emanoel Messias)

Foto de Emanoel Messias Dos Santos.
Foto de Emanoel Messias Dos Santos.
Foto de Emanoel Messias Dos Santos.
Curtir

Curtir

Amei

Haha

Uau

Triste

Grr

Comentar

Anúncios

PARALISADA, CÂMARA DOS DEPUTADOS ESTÁ HÁ DUAS SEMANAS SEM SESSÕES DELIBERATIVAS: “É UM DEBOCHE COM A SOCIEDADE, É UMA IRRESPONSABILIDADE COM O DINHEIRO PÚBLICO E COM O MOMENTO POLÍTICO QUE O PAÍS VIVE”, PROTESTA PIMENTA Deputado Paulo Pimenta (PT-RS) questiona a quem interessa nesse momento o silêncio do parlamento? O deputado lembra que para acelerar o golpe contra Dilma, a Câmara dos Deputados tinha sessões nos sábados e até domingo, e agora a Câmara está paralisada há duas semanas para que não se possa votar a cassação de Eduardo Cunha. Aliás, segundo Pimenta, esse teria sido o assunto tratado entre o golpista Michel Temer e Eduardo Cunha, no final de semana, em um encontro que ocorreu às escondidas no Palácio do Jaburu.

Lindbergh Farias 4 h · Facebook Mentions · PERÍCIA ATESTA: DILMA NÃO COMETEU CRIME DE RESPONSABILIDADE Laudo da perícia feita por técnicos do Senado para a Comissão Especial do Impeachment concluiu o que já estávamos falando faz tempo. Não foi identificado ato da presidenta Dilma que tenha contribuído com atrasos em pagamentos do Plano Safra. No caso de decretos de crédito suplementar, os peritos reconhecem que a presidenta não foi avisada da incompatibilidade com a meta fiscal. Então, como falar em dolo? Está claro que não há crime de responsabilidade por parte de Dilma.

POLICIAL FAZ PEDIDO DE CASAMENTO EM MARCHA LGBT Agente quebrou o protocolo para se ajoelhar e fazer o pedido. O namorado aceitou. A marcha de orgulho LGBT que encheu as ruas do centro de Londres neste sábado vai ficar na memória por um acontecimento inesperado: um agente da polícia metropolitana quebrou o protocolo, abeirou-se das baias de segurança no passeio, ajoelhou-se e pediu o companheiro em casamento. Surpreendido, o outro homem demorou uns segundos até responder: “Sim”.

Começa a última fase da Comissão Especial do Impeachment

Os membros da Comissão Especial do Impeachment ouvem nesta segunda-feira (27) os depoimentos do ex-ministro do Desenvolvimento Agrário, hoje deputado Patrus Ananias (PT-MG), e dois ex-subordinados seus na equipe do ministério: a ex-secretária executiva Maria Fernanda Ramos Coelho e o ex-diretor do Departamento Financeiro, João Luiz Gaudagnin.

Fonte: Começa a última fase da Comissão Especial do Impeachment

Defesa de Dilma diz ao STF que impeachment teve objetivo de barrar a Lava Jato | Agência Brasil

A defesa da presidenta afastada Dilma Rousseff disse hoje (27) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o processo de impeachment foi deflagrado com objetivo de “mitigar a persecução penal” de investigados na Operação Lava Jato. A declaração consta no pedido do advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo, feito ao STF para ter acesso aos depoimentos de delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

Fonte: Defesa de Dilma diz ao STF que impeachment teve objetivo de barrar a Lava Jato | Agência Brasil

Golpe de 2016 tende a ficar cada vez mais parecido com o de 1964 | Brasil 24/7

Recentemente, o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou a uma plateia de empresários que para criar mais empregos no Brasil é preciso tirar direitos trabalhistas. Essa premissa já existia no governo FHC, no governo Collor e até no governo Sarney. Aí Lula chegou ao poder e durante mais de 11 anos o Brasil viu o salário médio do trabalhador crescer e o desemprego cair ano após ano, inclusive aumentando exponencialmente o percentual de trabalhadores com carteira assinada

Fonte: Golpe de 2016 tende a ficar cada vez mais parecido com o de 1964 | Brasil 24/7

Ipea diz que crise econômica começa a arrefecer | Brasil 24/7

Levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) diz que a crise econômica que atinge o país começa a perder fôlego; sinais podem ser percebidos principalmente na indústria nacional e na desvalorização do real ante o dólar, que de acordo com o Ipea, beneficia o setor exportador brasileiro, principalmente nos segmentos têxtil, madeireiro e de calçados

Fonte: Ipea diz que crise econômica começa a arrefecer | Brasil 24/7

Pimentel: “fora da política, não há caminhos” | Brasil 24/7

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, rechaçou “a condenação da atividade política, a criminalização da política, para todo o lado, como se o prefeito, o vereador, o deputado, o governador, os ministros e o maior mandatário da República (presidente) sejam criminosos porque estão na vida pública”; segundo ele, não se pode “criminalizar a política, porque fora dela não há caminho na democracia”; “Fora dela é a ditadura, que nos já passamos por isso e não queremos mais”, disse ele, durante evento em Belo Horizonte

Fonte: Pimentel: “fora da política, não há caminhos” | Brasil 24/7

Magro, ex-advogado de Cunha, se entrega à PF | Brasil 24/7

Empresário suspeito de desviar recursos de fundos de pensão, Ricardo Magro era considerado foragido desde sexta-feira 24, quando foi um dos alvos da operação Recomeço, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal; ele é sócio do Grupo Galileo Educacional; segundo informaram os investigadores em coletiva de imprensa na sexta (foto), o esquema desviado pode ter alcançado R$ 90 milhões

Fonte: Magro, ex-advogado de Cunha, se entrega à PF | Brasil 24/7