George Marques

George Marques

A Guerra pelo Trono: uma possível saída do PSDB da base política do governo tem levado preocupação ao Planalto. Michel Temer sabe que o PSDB quer voos maiores. O 1º desejo dos tucanos: a presidência da Câmara em 2017. O PSDB exige apoio formal do PMDB e do Planalto para isso. A saída encontrada pelo Planalto para manter a base unida seria uma reeleição de Rodrigo Maia, mesmo sem nenhum amparo no regimento da Câmara.

O Centrão, antiga facção comandada pelo presidiário Eduardo Cunha, possui dois nomes viáveis para comandar a Câmara em 2017: Rogério Rosso (PSD-DF) e Jovair Arantes (PTB-GO).

Em tempo: O PSDB quer presidir a Câmara por 2 cruciais motivos: comandar a pauta em um ano pre-eleitoral e ter um nome viável numa possível eleição indireta presidencial em 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s