MENSAGEM AOS PAIS:

Os filhos de inúmeros brasileir@s estão agora defendendo o mundo que viverão em 2030. É direito deles idealizar e forjar como será esse mundo futuro. Todos os estatutos firmados na sociedade democrática garantem a proteção à criança e ao adolescente, sua integridade física e psicológica. Senão, vejamos o que nos diz o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA: Art. 17: O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais. Art. 18: É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor. A escola é o local onde depositamos nossas esperanças de um futuro melhor, não somente para as crianças e os adolescentes, mas para toda a sociedade. Sabemos que a retirada de disciplinas de Humanas para esses jovens seria de imediato penoso, podendo nos dar o direito de considerar tal medida como uma violência ao auxílio do livre pensamento, e até na futura decisão de carreira a ser seguida. Matérias que auxiliam, assim, o futuro dos jovens. Art. 53: A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes, entre outros. Destaquem-se os incisos II e IV: III – Direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores; IV – Direito de ORGANIZAÇÃO E PARTICIPAÇÃO EM ENTIDADES ESTUDANTIS; Apóiem nossas crianças e adolescentes. Eles têm o direito assegurado em lei de viver no mundo que estão construindo agora. Para isso é importante entender e apoiar. A função da escola é antes de tudo criar cidadãos, e não apenas mão de obra qualificada. Nesse momento, alguns desses estabelecimentos de ensino ocupados estão na eminência de serem desocupados de forma violenta e contrariando a legislação que protege a criança e o adolescente. Portanto, como bem diz o ECA em seu Artigo 70, do Titulo III: Capítulo I Disposições Gerais: “É dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente.”. QUE MAL HÁ NO ATO DE PROTEGER A ESCOLA PÚBLICA PARA TODOS? Escola pública é para todos. Repassando. Divulguem.

Cassação da chapa Dilma-Temer afundaria o país de vez | Blog da Cidadania

O Brasil corre o risco de ter um governo eleito por quatro ou até cinco anos por via indireta. Sem necessidade de votos, sem necessidade de prender Lula ilegalmente. E esse projeto se baseia na derrubada do segundo presidente em poucos meses e com a indicação para o cargo de um especialista em vender o Brasil a preço de banana. Alguém adivinha quem seria?

Fonte: Cassação da chapa Dilma-Temer afundaria o país de vez | Blog da Cidadania

Juiz do ES nega desocupação de escola, ‘para garantir sobrevivência da democracia’ — Rede Brasil Atual

Juiz do ES nega desocupação de escola, ‘para garantir sobrevivência da democracia’

Fonte: Juiz do ES nega desocupação de escola, ‘para garantir sobrevivência da democracia’ — Rede Brasil Atual

Via Campesina Internacional denuncia a crescente criminalização e a persecução do campesinato no Brasil | Desacato

“Os povos do mundo tem o direito a resistir e a protestar diante das políticas neoliberais que reduzem os nossos direitos e atentam contra a vida” A Via Campesina, movimento camponês in…

Fonte: Via Campesina Internacional denuncia a crescente criminalização e a persecução do campesinato no Brasil | Desacato

Vários incidentes elevam o medo do aumento do racismo com Trump presidente | Internacional | EL PAÍS Brasil

“Nossa gente teve um papel enorme na eleição”, diz ex-líder da Ku Klux Klan David Duke

Fonte: Vários incidentes elevam o medo do aumento do racismo com Trump presidente | Internacional | EL PAÍS Brasil

Os juízes, Renan e os “super-salários”. Retaliação? Como, se os juízes cumprissem a lei? – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Fonte: Os juízes, Renan e os “super-salários”. Retaliação? Como, se os juízes cumprissem a lei? – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Diário do Centro do Mundo Híbrido de Jabor e Dr. Cuca Belludo: Alexandre Garcia, o corajoso inimigo das ocupações. Por Kiko Nogueira

  Quando os cientistas conseguirem criar um híbrido de Arnaldo Jabor e Doutor Cuca Belludo, o resultado será Alexandre Garcia. Garcia é o rei do comentário pedestre, óbvio, o senso comum corporificado numa barba bem aparada e numa fala soporífera. Exceto quando se trata de emitir opinião sobre estudantes, cotistas, médicos cubanos— aí sua segunda natureza aflora. No Dia do Professor, ele apontava que “não custa lembrar: professor é quem faz despertar o prazer do conhecimento, do saber pensar, do saber fazer, do saber viver. E quem sabe, não precisa de adornos”. Obrigado. Também acha que “é preciso revogar a lição de que dinheiro é mais que honestidade”. Incrível. Seus textos são reproduzidos em 20 jornais. Tem um programa de entrevistas na GloboNews, é comentarista do Bom Dia Brasil e apresentador substituto do Jornal Nacional. É dono de uma coluna na Rádio Estadão. Ficou mais famoso, recentemente, com suas diatribes contra as ocupações. É quando deixa de lado a faceta tio do pavê para mostrar seu pacote de maldades. Comparou a interrupção de uma aula na Universidade de Brasília a uma ação da Juventude Hitlerista em 1939 (!?). No rádio, desancou os alunos do Paraná, dizendo que a maior parte deles não sabe o que está fazendo, antecipando a idiotice proferida por Michel Temer. Ainda sugeriu, malandrão, que cada um deles escrevesse uma redação de vinte linhas justificando os motivos para sua militância. Segundo Garcia, “o partido por trás das invasões de escolas é o mesmo que enganou os jovens com a guerrilha do Araguaia, há mais de 40 anos.” Usou, sem qualquer pudor, o assassinato de um rapaz num colégio no Paraná para atacar os garotos e garotas. “Que futuro, hem!”, disse. Assim como utilizou a morte do capitão da seleção de 70, Carlos Alberto Torres, para evocar um tempo de “crescimento chinês – com o entusiasmo de todos”. Complementou: “Inclusive eu, estudante na época, como todo mundo, tinha no carro o plástico: ‘ame-o ou deixe-o’, que era um recado para os terroristas, entre os quais estava a Dona Dilma.” Todo mundo quem?? Garcia foi porta-voz de Figueiredo de 1979 a 1980. Virou uma subcelebridade e, na época, já mostrava seus métodos. Apareceu seminu numa revista masculina chamada Ele & Ela, da Bloch. Ele explicou como ele mesmo editou a matéria, uma fraude jornalística qualquer nota. Eu havia sido entrevistado para a “Playboy” e aí o Flavinho Cavalcante, na época da Bloch, disse que a “Ele & Ela” também queria uma entrevista. Só que maior, com fotos. Fui perguntar para o meu guru, o ministro Golbery, que respondeu: “Pode, sim. Vamos, em breve, tirar o Farhat. Vamos extinguir a Secretaria de Comunicação Social e queremos que você fique como secretário de Imprensa. Nada como dar uma entrevista para uma revista masculina para projetar mais o seu nome, para virar depois secretário de Imprensa”. Dei a entrevista, revisei, praticamente copidesquei. Então aquilo que está lá é meu mesmo. O Flavinho me trouxe o primeiro exemplar que entreguei para o Figueiredo ler. O Figueiredo leu a bordo de um Búfalo em uma viagem a Pindamonhangaba.   Aos 76 anos, Alexandre Garcia descobriu uma maneira de sobreviver no jornalismo. Não é a mais decente, mas ninguém pode acusá-lo de não ser coerente.

Fonte: Diário do Centro do Mundo Híbrido de Jabor e Dr. Cuca Belludo: Alexandre Garcia, o corajoso inimigo das ocupações. Por Kiko Nogueira

Especialistas debatem desafios da desmilitarização da PM | GGN

Do JustificandoO que está em jogo com a desmilitarização das Polícias Militares?Especialistas dão visões sobre os principais desafios que a corporação enfrentaHugo SalustianoO debate em torno da

Fonte: Especialistas debatem desafios da desmilitarização da PM | GGN

Crime de Lula foi abalar o conformismo frente à desigualdade, diz Maria Rita Kehl | GGN

 Jornal GGN – Maria Rita Kehl, escritora e psicanalista, foi uma das pessoas que assinaram o documento em defesa de Lula e da democracia. Sem conseguir comparecer ao evento que lançou a campanh

Fonte: Crime de Lula foi abalar o conformismo frente à desigualdade, diz Maria Rita Kehl | GGN

Diário do Centro do Mundo Criador do Facebook diz ser “loucura” que rede social influenciou vitória de Trump

Da BBC Brasil: O criador do Facebook, Mark Zuckerberg rechaçou ontem as acusações de que sua rede social contribuiu para a vitória de Donald Trump na eleição presidencial americana por não ter filtrado notícias falsas ligadas à rival do candidato republicano, a democrata Hillary Clinton. Em uma palestra na Techonomy, uma conferência sobre tecnologia realizada na Califórnia, o bilionário americano disse que o Facebook não pode ser responsabilizado pelo desfecho do pleito. “A ideia de que notícias falsas no Facebook influencieram a eleição é maluca. Quem acreditar nisso não entendeu a mensagem que os simpatizantes de Trump tentaram mandar nessa eleição”, disse o empreendedor. Pesquisas nos EUA mostraram que histórias falsas foram bem mais compartilhadas no Facebook do que artigos as contestando. Isso em um momento em que, para muitos americanos, a rede social está se transformando na fonte primária de consumo de notícias. Na opinião de especialistas, o conteúdo do news feed é “calculado” por um algoritmo levando em conta os interesses do usuário e isso pode criar uma espécie de “bolha” que deixa de fora diferenças de opinião. (…)

Fonte: Diário do Centro do Mundo Criador do Facebook diz ser “loucura” que rede social influenciou vitória de Trump

Diário do Centro do Mundo OAB pode apoiar pedido de cassação de Temer no TSE

Do 247:   O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, sinalizou, na noite de ontem, que pode vir a apoiar a queda de Michel Temer, que enfrenta um pedido de cassação no Tribunal Superior Eleitoral. É o que fica claro na nota divulgada pela Ordem, sobre o cheque de R$ 1 milhão da Andrade Gutierrez à chapa Dilma-Temer na campanha de 2014 (saiba mais aqui). Eis, abaixo, a nota de Lamachia: É absolutamente necessário e urgente o esclarecimento a respeito do repasse de R$ 1 milhão para a campanha que elegeu a chapa Dilma-Temer em 2014. A sociedade precisa saber se esses recursos são legítimos ou fruto de propina. Outro ponto que precisa ser esclarecido é sobre qual conta foi usada para receber o dinheiro. A OAB acompanha com atenção os desdobramentos desse fato para cumprir com rigor sua função de defender os interesses da sociedade e o cumprimento da Constituição. Se necessário, a OAB usará de suas prerrogativas constitucionais para fazer valer os interesses da cidadania.” Na ação do TSE, o delator Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, havia dito que deu R$ 1 milhão ao PT como “propina”, e não como doação espontânea. A campanha da presidente Dilma Rousseff, no entanto, apontou que o cheque foi nominal a Temer. Ou seja: se foi propina, como disse o delator, ela beneficiou o atual presidente. O relator do processo que pode levar à cassação da chapa Dilma/Temer, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, decidiu ouvir novamente Azevedo, no próximo dia 17. Ao que tudo indica, ele não parece inclinado a separar as contas de Dilma das de Temer.

Fonte: Diário do Centro do Mundo OAB pode apoiar pedido de cassação de Temer no TSE