Maranhão homenageia Negro Cosme, líder da luta negra pela liberdade – Brasileiros

Pela primeira vez a importância do guerreiro quilombola é reconhecida oficialmente. Outras medidas de enfrentamento ao racismo foram sancionadas nas áreas de abastecimento, educação, cultura, assistência social e agricultura familiar

Fonte: Maranhão homenageia Negro Cosme, líder da luta negra pela liberdade – Brasileiros

Graças à Luciana Lóssio, Garotinho pôde fazer cirurgia para desobstrução de uma artéria do coração – Debate Progressista

O ex-governador Anthony Garotinho, que está sob custódia no hospital Quinta d’Or, na Zona Norte do Rio, foi submetido a cateterismo cardíaco na manhã deste

Fonte: Graças à Luciana Lóssio, Garotinho pôde fazer cirurgia para desobstrução de uma artéria do coração – Debate Progressista

Tese de mestrado mostra luta pela liberdade de mulheres escravizadas « Sul21

Tese sobre luta de mulheres escravizadas em Alagoas no século 19 se transforma em livro histórico. Foro: Agência BrasilSumaia VillelaDa Agência BrasilAlagoas, estado onde surgiu o quilombo mais famoso do Brasil: Quilombo dos Palmares; terra onde viveu e lutou um dos ícones da resistência à escravidão no país, Zumbi. Embora marcada pela presença masculina

Fonte: Tese de mestrado mostra luta pela liberdade de mulheres escravizadas « Sul21

Marcha da Consciência Negra pede fim do racismo e do genocídio de jovens « Sul21

Marcha reuniu milhares de pessoas em São Paulo. Foto: MídiaNinjaDa RBAA Marcha da Consciência Negra realizada neste domingo (20) em São Paulo percorreu a avenida Paulista e a rua da Consolação até ao Teatro Municipal, no centro. A chegada foi mostrada por vídeo do coletivo Jornalistas Livres no Facebook. A concentração ocorreu no vão livre do Masp.��

Fonte: Marcha da Consciência Negra pede fim do racismo e do genocídio de jovens « Sul21

Goldman Sachs: metade do investimento no Brasil vinha de empresas atingidas pela Lava Jato | Brasil 24/7

“Quando a gente olha, na economia brasileira, 50 anos de formação bruta de capital fixo (indicador que mede a capacidade produtiva), vê que metade vem de empreiteiras, vem do setor da construção. É preciso uma coordenação entre a área econômica e a jurídica do governo para resolver o problema dessas empresas”, disse o economista Paulo Leme, da Goldman Sachs

Fonte: Goldman Sachs: metade do investimento no Brasil vinha de empresas atingidas pela Lava Jato | Brasil 24/7

“Eu sou machista, sim! Vagabunda!”: homem em protesto do MLB ataca mulher da Marcha da Consciência Negra em SP – Portal Fórum

O MBL e o Vem Pra Rua convocaram uma manifestação em apoio à operação Lava Jato para a mesma data e local que a XIII Marcha da Consciência Negra, na Av. P

Fonte: “Eu sou machista, sim! Vagabunda!”: homem em protesto do MLB ataca mulher da Marcha da Consciência Negra em SP – Portal Fórum

Quando instituições se dão o respeito e quando não | Brasil 24/7

Para o ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão, o tratamento dado aos invasores do plenário da Câmara na quarta-feira 16, pedindo intervenção militar, “traduz bem o grau de decomposição das instituições nacionais depois do deprimente espetáculo do 17 de abril do ano corrente”, quando foi aprovado na Casa o pedido de impeachment de Dilma Rousseff, “num grande carnaval de um desqualificado baixo clero de mandatários, sob a batuta mesquinha de Eduardo Cunha”; “O Brasil merece o respeito às instituições e o repudio àqueles que as querem transformar em tabernas ou lupanares. Quanto às autoridades, como tais só podem ser tratadas, quando prestigiam o lugar que lhes é confiado pelo povo. Quando o desmerecem, perdem sua condição e se equiparam a moleques em turba rueira”, diz ele

Fonte: Quando instituições se dão o respeito e quando não | Brasil 24/7

No Dia da Consciência Negra, lembre os avanços no Governo Lula na luta pela igualdade racial no Brasil

Lula e estudantes africanos na inauguração de campus da Unilab, na Bahia
Ricardo Stuckert

No dia 9 de janeiro de 2003, no primeiro mês de governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele assinou a Lei 10.639/2003. Ela diz: “O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como ‘Dia Nacional da Consciência Negra”. É uma das primeiras leis que o ex-presidente assinou.

Tempos se passaram até o ano de 2011. Dia em que a presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, que finalmente tornou o dia 20 de novembro uma data oficial do país, o Dia da Consciência Negra. Hoje, são cerca de 1.000 municípios e cinco Estados do Brasil que celebram essa data.

Muitas foram as ações entre 2003 e 2016 na luta contra o racismo.

Conheça, abaixo, algumas das principais ações realizadas em prol da Consciência Negra, além da instauração do feriado, realizadas pelos governo do Brasil nos últimos 13 anos.
1 – Dia da consciência Negra e inclusão da História da África no currículo escolar na escola

Na mesma lei que Lula assinou instituindo o Dia da Consciência Negra no calendário escolar, havia mais. A lei  diz:

Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira.

§ 1o O conteúdo incluirá o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil.

Ou seja, a Lei 10.639/2003 colocou no currículo escolar brasileiro a história e a cultura afro-brasileira. Passou a ser conteúdo obrigatório das escolas municipais e estaduais do país todo, colocando toda administração pública local diante do desafio de construir um ensino que cumpra a diretriz nacionalmente estabelecida.
2 – Estatuto da Igualdade Racial   

No dia 20 de julho de 2010, o ex-presidente Lula sancionou a Lei 12.288/2012, o Estatuto da Igualdade Racial. O diploma legal tem 65 artigos, com parágrafos e incisos, estabelecidos para fazer valer o que é previsto em seu Artigo 1º:

Garantir à população negra a efetivação da igualdade de oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, coletivos e difusos e o combate à discriminação e às demais formas de intolerância étnica

A lei inteira pode ser lida aqui. Ela reafirma a obrigatoriedade do ensino de história africana no currículo brasileiro, a manutenção do direito de propriedade da terra aos remanescentes quilombolas, o incentivo às políticas de inclusão da população negra em variados mercados de trabalho, ensino e ocupação, entre outras normas com a mesma diretriz.
3 – Criação da Secretaria de Políticas da Promoção da Igualdade Racial

Em março de 2013, o governo criou a  Secretaria  de Políticas da Promoção da Igualdade Racial, dedicada exclusivamente a promover políticas com esse objetivo.
4 – Lei de Cotas nas universidades   

No dia 29 de agosto de 2012, a presidenta legítima Dilma Rousseff fez saber que o Congresso Nacional decretava e ela sancionava a Lei 12.711, que estabeleceu e estabelece que pretos e pardos têm e terão acesso ao ensino público nacional em proporção mínima garantida pelo Estado:

Em cada instituição federal de ensino superior, as vagas de que trata o art. 1o desta Lei (50% do total) serão preenchidas por autodeclarados pretos, pardos e indígenas, em proporção no mínimo igual à de pretos, pardos e indígenas na população da unidade da Federação onde está instalada a instituição.

A chamada Lei de Cotas é o cume legal de uma batalha do governo federal do país dos últimos 13 anos, que trabalhou para construir mecanismos de igualdade racial desde o primeiro dia que pisou no Palácio do Planalto
5 – Aumento do número de alunos negros na universidade

Dados do IBGE mostram que graças a políticas públicas de acesso ao ensino superior como FIES, PROUNI e expansão de vagas em universidades públicas. Em 2004, 16,7% dos alunos pretos ou pardos estavam em uma faculdade; em 2014, esse percentual saltou para 45,5%.
6 – Criação da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira

O Governo Lula criou a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab), com campus em Redenção (Ceará)  e São Francisco do Conde (Bahia) que reúne estudantes do Brasil com professores e alunos da África de língua portuguesa. O objetivo da faculdade é promover a aproximação e troca de conhecimento entre o Brasil e a África.

Auler e a disputa pela Presidência do Tribunal, com Lava Jato, suspeitas e processos no CNJ – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Fonte: Auler e a disputa pela Presidência do Tribunal, com Lava Jato, suspeitas e processos no CNJ – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Advogado participa de espaço com ocupantes da comunicação da UFSM | Desacato

Enquanto muitos assistem o futebol na TV, outros visitam familiares e amigos, aproveitam o domingo para fazer os trabalhos domésticos ou mesmo para descansar, os alunos da comunicação da UFSM-FW se…

Fonte: Advogado participa de espaço com ocupantes da comunicação da UFSM | Desacato

Violência na Cidade de Deus desperta onda de boatos e medo no Rio | Brasil | EL PAÍS Brasil

Tiroteios simultâneos em várias favelas da cidade e queda de helicóptero da PM em uma operação deixam autoridades e moradores em estado de alerta

Fonte: Violência na Cidade de Deus desperta onda de boatos e medo no Rio | Brasil | EL PAÍS Brasil

Escárnio! Em meio à crise, procuradores estendem auxilio creche para “crianças” de 24 anos – O Cafezinho

Em decisão da procuradoria do Estado do Rio de Janeiro,  publicada no Diário Oficial  em 11 de novembro, auxílio auxílio-creche passa a ser para dependentes de até 24 anos. O benefício valia para os dependentes de procuradores que tivessem entre 6 meses e 6 anos de idade. No G1 Em meio […]

Fonte: Escárnio! Em meio à crise, procuradores estendem auxilio creche para “crianças” de 24 anos – O Cafezinho

Vídeo: Jean Wyllys fala sobre democracia em universidade norte americana – O Cafezinho

Na George Washington University, nos EUA, deputado comenta a fragilidade da democracia brasileira A íntegra em vídeo da minha palestra na George Washington University sobre o cenário da democracia brasileira: https://t.co/GuzsEfvDg9 pic.twitter.com/MYD14Jl4r9 — Jean Wyllys (@jeanwyllys_real) 19 de novembro de 2016

Fonte: Vídeo: Jean Wyllys fala sobre democracia em universidade norte americana – O Cafezinho

Garotinho faz acusações à Globo ao vivo – O Cafezinho

Video censurado no Youtube: Anthony Garotinho diz umas Verdades da Globo Tucana ao vivo #TucanosNaCadeiahttps://t.co/oEhjtPQExB — Leila Jinkings (@leilajinkings) 20 de novembro de 2016

Fonte: Garotinho faz acusações à Globo ao vivo – O Cafezinho