Lufthansa enfrenta nova greve na terça e quarta | Economia | DW.COM | 27.11.2016

Pilotos anunciam dois dias de paralisação diante do impasse nas negociações com a maior companhia aérea alemã. Na semana passada, greve atingiu 345 mil passageiros.

Fonte: Lufthansa enfrenta nova greve na terça e quarta | Economia | DW.COM | 27.11.2016

Mujica a Fidel: “Para ti fica Cuba, que seguirá aí” | Desacato

Querido Fidel: Recién me entero, la noticia ha sido devastadora. No dejo de imaginarte a vos, tendido en la escueta cama de madera que se convirtió en tu último refugio. Y aquí estoy, sentado en la…

Fonte: Mujica a Fidel: “Para ti fica Cuba, que seguirá aí” | Desacato

Diário do Centro do Mundo Quem vai pagar pela destruição da vida de Mateus, preso na Lava Jato e absolvido por falta de provas? Por Kiko Nogueira

  A absolvição de duas pessoas condenadas por Moro na Lava Jato pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, TRF4, é a primeira derrota significativa do juiz paranaense. Eram executivos da OAS. No julgamento de primeira instância, Mateus Coutinho de Sá Oliveira havia sido condenado a 11 anos de prisão e Fernando Augusto Stremel Andrade a quatro anos em regime aberto. A decisão pela absolvição foi tomada por unanimidade. Tudo indica que não serão os únicos. Juristas acreditam que esse tipo de coisa deve se repetir na Lava Jato, dados os erros processuais, a escassez de provas etc. A Constituição estabelece, no art. 5º, LXXV, que “o Estado indenizará o condenado por erro judiciário, assim como o que ficar preso além do tempo fixado na sentença, garantindo a tal dever caráter de direito fundamental”. Ou seja, pode vir por aí uma enxurrada de compensações financeiras pagas. O caso de Mateus é dramático. Ainda que consiga um bom dinheiro, sua vida está em suspenso. Ele tinha 36 anos quando foi levado de casa pela Polícia Federal em novembro de 2014 na Operação Juízo Final, que cumpria 49 mandados de busca, 6 de prisão preventiva, 21 de temporária e 9 de condução coercitiva. Cerveró e Fernando Pessoa, o Fernando Baiano, ficaram com os holofotes. Investigava-se um esquema de lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras e empreiteiras. Segundo a Folha, Mateus dizia aos colegas no cárcere que seus advogados provariam rapidamente sua inocência. Pediu à mulher que não levasse a filha pequena à cadeia. Afinal, não ficaria ali muito tempo. Reproduzo um trecho da reportagem: “Como os pedidos de liberdade caíam um a um nos tribunais superiores, Coutinho passou a estudar a possibilidade de receber a filha numa visita, mas queria preservá-la dos dissabores de uma cadeia. Fez um acordo com a direção da carceragem e a menina foi vê-lo num dia sem visitas de outros presos. A sala destinada às visitas fica longe das celas. Mesmo assim os presos ouviram a menina gritar “pai” quando o viu. Segundo um executivo preso na PF, não houve quem não se emocionasse na hora.”   Perdeu o emprego na OAS, entregou o passaporte, viu seu casamento naufragar e sua reputação ser feita em frangalhos. Quanto vale essa brutalidade? Esse equívoco? Quantos Mateus há com uma história parecida? A atuação dos homens de Moro, insuflada pela mídia, serviu para aplacar uma sede de sangue de parte da população. Isso é qualquer coisa, menos justiça. “É populismo penal”, diz o ex-ministroEugênio Aragão. “As garantias fundamentais existem como contrapeso ao monopólio de violência que o Estado detém”. Mateus Coutinho tem agora uma vida perdida a refazer.

Fonte: Diário do Centro do Mundo Quem vai pagar pela destruição da vida de Mateus, preso na Lava Jato e absolvido por falta de provas? Por Kiko Nogueira

Após Brexit e Trump, Itália pode ver novo triunfo do populismo | Mundo | DW.COM | 27.11.2016

Referendo constitucional de 4 de dezembro pode custar cargo ao premiê Matteo Renzi e jogar o país num futuro incerto. Mesmo assim, italianos tendem a optar por esse caminho, segundo as pesquisas eleitorais.

Fonte: Após Brexit e Trump, Itália pode ver novo triunfo do populismo | Mundo | DW.COM | 27.11.2016

Fascistas destroem flores e homenagens a Fidel na frente da embaixada de Cuba | Brasil 24/7

“O espírito do fascismo realmente está solto no Brasil. Seis rapazes em dois veículos foram no início da noite deste domingo á porta da Embaixada de Cuba e numa cena de violência e intolerância, pisotearam as flores e destruíram objetos colocados por admiradores de Fidel Castro em frente ao portão de entrada”, diz a colunista Tereza Cruvinel; “A polícia de Brasília tem a obrigação de identificar os autores deste ato incompatível com a civilidade e o respeito entre os povos. Personalidades de todo o mundo colocaram as diferenças ideológicas de lado para homenagear, em sua partida, o líder que marcou a história da América Latina e do mundo nos últimos 50 anos. No Brasil, a extrema direita, com sua desenvoltura crescente, dá uma demonstração de intolerância e violência”

Fonte: Fascistas destroem flores e homenagens a Fidel na frente da embaixada de Cuba | Brasil 24/7

Cardozo ao 247: AGU não tinha nenhum conflito jurídico para resolver | Brasil 24/7

Em entrevista exclusiva ao 247, o ex-ministro da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, avalia que o governo Temer escolheu uma narrativa desastrosa para justificar sua interferência no episódio Geddel Vieira Lima; numa coletiva improvisada neste domingo, Michel Temer reiterou que procurou o ex-ministro Marcelo Calero para orientá-lo a procurar a AGU, que teria o papel de dirimir conflitos jurídicos entre órgãos da administração; “Mas que conflito?”, questiona Cardozo; “Pelos fatos narrados até aqui, não havia nenhuma discussão jurídica, o que houve foi uma pressão hierárquica para que interesses pessoais de determinado ministro fossem atendidos”; segundo Cardozo, a narrativa fragiliza o Palácio do Planalto e pode fazer com que Temer seja processado até por crime de responsabilidade; “sim, porque se trata de eventual delito cometido neste mandato”

Fonte: Cardozo ao 247: AGU não tinha nenhum conflito jurídico para resolver | Brasil 24/7

Revolta dos Jalecos | Jornalistas Livres

Fotos de Helio Carlos Mello Como uma aorta, artéria de grande fluxo, a ladeira entre o Estádio do Morumbi e os portões do Palácio dos Bandeirantes, se fez em fluidez, um batalhão com centenas de jalecos brancos, médicos substituindo a legião de torcedores na rua, saídos dos hospitais, ambulatórios e faculdades. O doente aqui é outro, é o Estado que renega proventos. Nesta quinta-feira passada (24), uma manifestação chamou a atenção por sua singularidade e grande número de participantes. Em um protesto contra o calote do reajuste de suas bolsas de estudo, médicos residentes do Estado de São Paulo foram para a porta do Palácio dos Bandeirantes, sede do governador e também médico Geraldo Alckmin, muitos com nariz de palhaço […]

Fonte: Revolta dos Jalecos | Jornalistas Livres

Congresso em Notas: Medidas contra a corrupção podem institucionalizar a exceção e criar órgão similar a SNI – O Cafezinho

CONGRESSO EM NOTAS No.44, 27/11/2016 MEDIDAS CONTRA CORRUPÇÃO: EXCEÇÃO LEGALIZADA. Foram aprovadas em comissão e estão prestes a ser votadas em Plenário as dez medidas contra a corrupção (PL 4850/216). Mais grave do que a anistia ao caixa dois é a legalização das medidas de exceção que está […]

Fonte: Congresso em Notas: Medidas contra a corrupção podem institucionalizar a exceção e criar órgão similar a SNI – O Cafezinho

Bancada do PT: “As tentativas para aprovar a anistia ao caixa 2 são de responsabilidade exclusiva da base de apoio a Temer” – Viomundo – O que você não vê na mídia

Em nota para desmentir boatos na mídia e redes sociais

Fonte: Bancada do PT: “As tentativas para aprovar a anistia ao caixa 2 são de responsabilidade exclusiva da base de apoio a Temer” – Viomundo – O que você não vê na mídia

O jurista Temer e os conceitos de privado e público | GGN

Longe dos olhares protetores, ternos e apaixonados dos entrevistadores do Roda Viva, a coletiva de hoje comprova que Temer é um hipossuficiente.É humilhante para o país – principalmente sabendo que

Fonte: O jurista Temer e os conceitos de privado e público | GGN

“Pelo Telefone”: um centenário de controvérsias do primeiro samba gravado no País – Brasileiros

Registrada há exatos cem anos, a composição do genial Donga é celebrada hoje no Google. Ao longo de décadas, a música foi alvo de questionamentos, como sua autoria e seu ineditismo como gênero musical

Fonte: “Pelo Telefone”: um centenário de controvérsias do primeiro samba gravado no País – Brasileiros

LINDO SONHO DELIRANTE: 100 discos psicodélicos do Brasil (1968-1975), um livro ilustrado de Bento Araújo @ Poeira Zine | A CASA DE VIDRO.COM

“Lindo Sonho Delirante – 100 Discos Psicodélicos do Brasil (1968-1975)”, de Bento Araújo (Editor do Poeira Zine) “Lindo Sonho Delirante: 100 discos psicodélicos do Brasil (1…

Fonte: LINDO SONHO DELIRANTE: 100 discos psicodélicos do Brasil (1968-1975), um livro ilustrado de Bento Araújo @ Poeira Zine | A CASA DE VIDRO.COM