A Justiça negou recurso da Petrobras e manteve a suspensão da iniciativa do presidente da petroleira, Pedro Parente, para vender a participação da empresa de sua subsidiária de combustíveis, a BR Distribuidora, que constitui uma parte relevante do plano bilionário de desinvestimentos da estatal para 2017 e 2018; a decisão foi definida por unanimidade pela primeira turma do TRF-5 e marca mais uma vitória do Sindicato dos Petroleiros Alagoas Sergipe (Sindipetro-AL/SE), que tem apresentado diversas ações contra a venda de ativos da empresa; Petrobras já vendeu R$ 13 bilhões em ativos desde que Parente assumiu, mas se nega a explicar como foi feita a avaliação das empresas

Fonte: Justiça mantém decisão contra o feirão de Parente | Brasil 24/7

Anúncios