Comissão de Direitos Humanos vai acompanhar repressão ao MTST | Brasil 24/7

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, Padre João (PT-MG), anunciou a instauração de procedimento para acompanhar denúncias sobre repressão policial e criminalização de manifestantes e movimentos sociais em Recife; segundo a denúncia recebida pelo colegiado, as famílias da ocupação Carolina de Jesus exigiam a presença do representante da CEHAB para uma reunião, previamente agendada, e que tinha sido cancelada sem justificativa; a polícia reagiu com balas de borracha, bombas de efeito moral, armamento letal, de forma direta contra os manifestantes

Fonte: Comissão de Direitos Humanos vai acompanhar repressão ao MTST | Brasil 24/7

Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária | Brasil 24/7

“Com o início do funcionamento da comissão especial e do debate sobre a reforma previdenciária na Câmara, começa a ficar claro que nem a base parlamentar gelatinosa de Michel Temer está disposta a engolir o esbulho de direitos que ele e seu governo propõem”, afirma a jornalista Tereza Cruvinel, destacando as emendas que vêm sendo apresentadas por deputados governistas alterando diferentes dispositivos da proposta, na mesma linha do que faz a oposição; os parlamentares sugerem mudanças na regra de transição, sobre idade mínima e contra as mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social), este último definido pela colunista como “pura maldade”; “Se esta reforma é tão importante como diz o governo para a retomada da confiança na economia, estamos fritos. Tudo indica que o Congresso vai parir um ratinho”, diz

Fonte: Nem a base de Temer engole a reforma previdenciária | Brasil 24/7

“Entreguismo” poderá sepultar o golpe | Brasil 24/7

A luta “contra a erosão da soberania e o caráter antinacional do golpe” é uma das que surgiram após o golpe ter se consolidado no Brasil, depois da frente de luta pela democracia, da desconstrução dos direitos sociais e do crescimento econômico com distribuição de renda, afirma o colunista Marcelo Zero; “Esse ‘entreguismo’ caolho, ignorante e beócio, somado à inevitável continuidade da crise, que tende a permanecer e a se agravar com o ajuste permanente proposto pelo governo golpista, poderá sepultar, mais cedo do que se esperava, a agenda regressiva e irracional do golpe”, diz ele; “Muitas mentiras podem ser vendidas, especialmente quando se tem o controle da mídia. Mas quando se tenta vender um país inteiro, a única verdade sempre aparece. E, no caso do golpe contra o Brasil, ela é muito feia”, avalia

Fonte: “Entreguismo” poderá sepultar o golpe | Brasil 24/7

Skaf: Há espaço para recuo maior da Selic | Brasil 24/7

“O Brasil tem pressa para retomar a rota do crescimento econômico e da geração de emprego. Para isso, é urgente a redução mais rápida dos juros”, avalia o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, ao comentar a redução de 0.75 da taxa básica de juros pelo Copom nesta quarta-feira 22, para 12,25% ao ano

Fonte: Skaf: Há espaço para recuo maior da Selic | Brasil 24/7

Trump’s First Terror Arrest: A Broke Stoner the FBI Threatened at Knifepoint

An elaborate FBI sting operation snared a 25-year old Missouri man who had no terrorism contacts and not enough money to buy the hardware supplies undercover agents told him they needed for a bomb.

Fonte: Trump’s First Terror Arrest: A Broke Stoner the FBI Threatened at Knifepoint

Diário do Centro do Mundo Por que Doria aumentou o logo das empresas de lixo em sua fantasia de gari. Por Joaquim de Carvalho

  O uniforme de gari que o prefeito João Doria veste quando varre ruas já varridas de São Paulo não é diferente apenas no corte sob medida, feito por um alfaiate. O militante cultural Devanir Amâncio, presidente da ONG Educa São Paulo, notou que o uniforme do prefeito é diferente dos garis de verdade também no aspecto publicitário. Do lado esquerdo do uniforme, na altura da lapela, Doria fantasiado de gari ostenta o nome das duas empresas que mantêm contrato milionário para a limpeza urbana em São Paulo. “O prefeito João Doria ainda não foi perguntado sobre a razão dos nomes das empreiteiras de lixo que carrega — com estilo impecável — do lado esquerdo do peito no uniforme de limpeza que veste serem de quase 10 centímetros, o dobro da roupa dos garis. Isso tem enorme importância ou valor no mundo publicitário. Não concordo que o prefeito vire garoto-propaganda”, disse Devanir Amâncio. Devanir conhece bem o mundo dos garis. Graças a ele, existe uma biblioteca no espaço reservado para os funcionários da limpeza urbana ao lado de uma das passarelas na Praça da Bandeira, centro de São Paulo. Há alguns anos, Devanir lutou junto à prefeitura para que o espaço fosse recuperado. Ali existe um refeitório, um vestiário e a biblioteca, abastecida com livros e publicações que Devanir foi buscar junto a diferentes doadores, como clubes e editoras. “Observo que a grã-finagem paulistana se entusiasma cada vez mais com a vestimenta de gari do nosso prefeito João Doria. Os garis, sempre invisíveis, agora já cobram uma espécie de direito de imagem pelo árduo trabalho nas ruas  sujas e barulhentas da cidade. Exigem maior participação no lucro dos mais de 8 bilhões de reais que as concessionárias Inova e Soma estão recebendo da Prefeitura”, afirma. Todos os políticos que sentaram na cadeira de prefeito nos últimos 20 anos conhecem Devanir e a ONG Educa São Paulo. Morador do Capão Redondo, periferia da cidade, ex-seminarista, Devanir está sempre reivindicando algo em favor da cidade, nunca em benefício próprio. Há alguns anos, quando José Serra era prefeito, ele conseguiu levá-lo para um parque da cidade e fazê-lo plantar algumas mudas de árvores, para servir de exemplo a outros paulistanos. Na gestão de Gilberto Kassab, mandou fazer um boneco de pano e o colocou nas ruas esburacadas. O boneco se chamava Beto (de Gilberto) Tatu, por conta dos buracos. Saiu nas primeiras páginas, e Devanir deu entrevista a rádios. Discípulo do professor Aziz Ab’Saber, integrante do grupo de estudos sobre a cidade liderado pela professora Maria Stela Graciani, da PUC-SP, Devanir criticou a política de assistência social da gestão de Fernando Haddad, somando-se a vozes como a do Padre Júlio Lancelotti. Agora, com Doria, ele começa a mostrar as falhas e contradições. “Ninguém conhece São Paulo como o Devanir”, disse no ar o radialista José Paulo de Andrade, da Bandeirantes. “Os políticos têm que ouvir mais o Devanir”. Doria é o queridinho da mídia e a lua de mel com os grandes veículos, como a Bandeirantes, parece estar longe de acabar. Mas, para quem conhece a cidade nas suas esquinas e quebradas, como Devanir, Doria já não tem o mesmo apelo de alguns meses atrás. Já perceberam que a cidade não está mais limpa nem mais bonita, mas empreiteiras saem bem na foto dos jornais, e em logo gigante, do lado esquerdo do peito do prefeito, onde bate o coração.

Fonte: Diário do Centro do Mundo Por que Doria aumentou o logo das empresas de lixo em sua fantasia de gari. Por Joaquim de Carvalho

Oposição vai à PGR contra Black Friday de Parente | Brasil 24/7

Representação protocolada no Ministério Público Federal pela oposição ao governo Temer pede investigação sobre a forma como vem sendo feita a venda de ativos importantes da Petrobras, comandada por Pedro Parente, como a BR Distribuidora e a NTS; o pedido de investigação acusa o governo Temer de ter “burlado a lei, especialmente a de desestatização, que exige um critério público para que seja feita a venda de qualquer bem nacional”; “Não estão fazendo nem processo licitatório, ao arrepio da lei de desestatização. É um escândalo”, denunciou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ); procurada pelo 247, a Petrobras se negou a esclarecer como foram avaliados os ativos que vendeu, que até agora somam R$ 13 bilhões

Fonte: Oposição vai à PGR contra Black Friday de Parente | Brasil 24/7

Professora recebe voz de prisão por ‘desacato’ ao tentar entrar na Secretaria de Educação « Sul21

 Guarda Municipal fez barreira em frente à Smed, enquanto trabalhadores da educação protestavam | Foto: Maia Rubim/Sul21Fernanda CanofreDezenas de trabalhadores de educação, ligados à Prefeitura Municipal de Porto Alegre, fecharam a rua dos Andradas, em frente à Secretaria Municipal de Educação (Smed), na manhã desta quarta-feira (22), em protesto co

Fonte: Professora recebe voz de prisão por ‘desacato’ ao tentar entrar na Secretaria de Educação « Sul21

Deputado pede ressarcimento até pela compra de dois pãezinhos de queijo | Congresso em Foco

Apresentando notas fiscais de despesas extras em valores de 1 real a R$ 184,5 mil, parlamentares foram ressarcidos em R$ 235 milhões em 2016, o equivalente a pagar o salário dos 81 senadores por sete anos

Fonte: Deputado pede ressarcimento até pela compra de dois pãezinhos de queijo | Congresso em Foco

A alegria de senadores envolvidos na Lava Jato ao aprovarem Alexandre de Moraes para o STF – Portal Fórum

Registros do fotógrafo Lula Marques mostram os senadores Eduardo Braga, Renan Calheiros, Fernando Bezerra e Romero Jucá (o que queria “estancar a sangria”) –

Fonte: A alegria de senadores envolvidos na Lava Jato ao aprovarem Alexandre de Moraes para o STF – Portal Fórum

Encontro no “barco do amor”: Quais os interesses dos ruralistas em Moraes no Supremo? – Portal Fórum

Os senadores que tiveram um encontro na chalana com Alexandre de Moraes pouco antes da sabatina no Senado são fazendeiros e ruralistas. Moraes, que agora assum

Fonte: Encontro no “barco do amor”: Quais os interesses dos ruralistas em Moraes no Supremo? – Portal Fórum

Toma aí, liberdade de imprensa!

Pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) revela que o Brasil foi o 10º país do mundo mais perigoso para atividade jornalística em 2016. Do ranking dos 10 mais violentos, os três primeiros lugares foram ocupados por países que vivem guerras há anos: Iraque (1º), Síria (2º) e Afeganistão (3º).

Fonte: Toma aí, liberdade de imprensa!

TSE vai ouvir delatores da Odebrecht em ação que pode destituir Temer — CartaCapital

Três executivos vão prestar depoimento; julgamento tem como alvo a chapa encabeçada por Dilma, mas pode encurtar o mandato de Temer

Fonte: TSE vai ouvir delatores da Odebrecht em ação que pode destituir Temer — CartaCapital

Dieese: Reforma da Previdência será maior desmonte social da história

“Reforma da previdência será maior desmonte social da história”, alerta diretor técnico do Dieese, que compara o desafio de impedir a aprovação da Proposta

Fonte: Dieese: Reforma da Previdência será maior desmonte social da história