Temer nomeia aliado de Cunha para liderança do governo no Congresso | Brasil 24/7

Com o objetivo de evitar retaliações do chamado “centrão”, Michel Temer nomeou para ser líder do governo no Congresso Nacional o deputado federal André Moura (PSC-SE), ex-líder do governo na Câmara dos Deputados e aliado do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba; a nomeação seria uma forma de acalmar os ânimos após a eleição para a presidência da Casa; integrantes do centrão que apoiavam candidaturas rivais acusam Temer de ter auxiliado a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Fonte: Temer nomeia aliado de Cunha para liderança do governo no Congresso | Brasil 24/7

Marcos Coimbra: destino de Lula nas mãos de Moro é a subversão da democracia | Brasil 24/7

“Como se percebe pela linha do tempo, independentemente do tamanho que têm, as intenções de voto do ex-presidente Lula aumentaram depois da derrubada de Dilma Rousseff”, diz o presidente do Instituto Vox populi, Marcos Coimbra; “É patético que o Brasil esteja a discutir se uma liderança como Lula poderá ou não ser candidato, a depender da decisão monocrática de um juiz”, avalia; “Seus superiores não ousam contrariá-lo, mas ele tudo faz para contrariar o desejo de dezenas de milhões de cidadãos. Fomos longe na subversão da democracia”, afirma

Fonte: Marcos Coimbra: destino de Lula nas mãos de Moro é a subversão da democracia | Brasil 24/7

Transposição do São Francisco: Golpista da Paraíba tenta fazer bonito com o chapéu de Lula e Dilma e leva troco nas redes sociais – Viomundo – O que você não vê na mídia

Deputado federal Marcondes Gadelha

Fonte: Transposição do São Francisco: Golpista da Paraíba tenta fazer bonito com o chapéu de Lula e Dilma e leva troco nas redes sociais – Viomundo – O que você não vê na mídia

Ministro do TSE quer apresentar voto antes de deixar o cargo sobre pauta que pode cassar Temer | Brasil 24/7

O ministro do TSE Herman Benjamin, cujo mandato termina em outubro, corre contra o tempo para concluir o relatório da ação que pede a impugnação da chapa Dilma-Temer ainda no primeiro semestre de 2017; pessoas envolvidas no processo dizem ser pouco provável que Temer seja cassado a partir dessa ação, porque, mesmo que o processo seja concluído em 2017 e os ministros do TSE cassem o mandato de Temer, ele pode recorrer ao tribunal e, depois, ao STF; processo será extinto caso não seja finalizado até o fim de 2018, quando Temer sai do cargo; peemedebista seria (ou será) cassado apenas depois de o processo ter sido analisado pelo Supremo

Fonte: Ministro do TSE quer apresentar voto antes de deixar o cargo sobre pauta que pode cassar Temer | Brasil 24/7

Temer faz rodízio entre investigados da Lava Jato na liderança do governo | Congresso em Foco

Presidente confirma ida de Romero Jucá para a liderança do governo no Senado e a indicação de André Moura como representante do Planalto nas discussões do Congresso. Vaga deixada por ele na Câmara é ocupada por Aguinaldo Ribeiro. Os três são acusados de crimes no STF

Fonte: Temer faz rodízio entre investigados da Lava Jato na liderança do governo | Congresso em Foco

Relator do Golpe de 2016 no Senado, Antônio Anastasia (PSDB-MG) recebeu dinheiro de caixa 2 em 2014 – Debate Progressista

Enquanto o ex-diretor da Odebrecht Benedicto Junior afirmou que houve pagamento de R$ 6 milhões em 2014 por meio de caixa 2 para as campanhas eleitorais de Pim

Fonte: Relator do Golpe de 2016 no Senado, Antônio Anastasia (PSDB-MG) recebeu dinheiro de caixa 2 em 2014 – Debate Progressista

Formação de Preço de Automóvel no Brasil – Cidadania & Cultura

Dora Martinelli e Alberto Cataldi (Valor, 03/03/17) informam que a carga tributária não é o único fator que justifica o preço alto dos carros no Brasil. Cinco são as principais causas desses preços…

Fonte: Formação de Preço de Automóvel no Brasil – Cidadania & Cultura

Prescrição livra Aécio de inquérito por caixa dois | Congresso em Foco

Cinco meses após ter solicitado ao STF a abertura de investigação contra o presidente do PSDB, Janot avisou à corte esta semana que o crime de corrupção atribuído ao senador só poderia ter sido punido até 2016. Tucano foi acusado por delator de ter recebido R$ 1 milhão ilicitamente

Fonte: Prescrição livra Aécio de inquérito por caixa dois | Congresso em Foco