Wilma vinha convivendo com câncer há mais de dois anos, quando passou por tratamentos quimioterápicos e algumas cirurgias em São Paulo e Natal. Estava desde o dia 3 de junho na Casa de Saúde São Lucas, onde permaneceu até agora quando veio a óbito por falência múltipla de órgãos.

Fonte: Morre Wilma de Faria, a primeira mulher a comandar o governo do Rio Grande do Norte – Portal Fórum

Anúncios