Em nota publicada neste sábado, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), líder da bancada do PT no Senado, critica a cumplicidade de Michel Temer com a nova doutrina anunciada pelos Estados Unidos para a América Latina, segundo a qual a Casa Branca se sente autorizada a intervir militarmente na região para garantir a “liberdade”; “O governo golpista parecer estar se aliando ao governo dos EUA em sua nova política intervencionista no nosso continente. Assim, o governo ilegítimo acertou a realização de exercícios militares na Amazônia com os EUA, algo inédito em nossa história militar. Esse convite a uma superpotência estrangeira, que não faz parte da Bacia Hidrográfica da Amazônia, representa um ponto fora da curva na tradição de afirmação da soberania nacional numa região estratégica para o país e revela intenção geopolítica de dividir os países da América do Sul, diz a nota

Fonte: Lindbergh critica silêncio cúmplice de Temer com a nova doutrina Trump | Brasil 24/7

Anúncios