Caso Mayara: a confissão de um assassino que se sabe perdoado. Por Nathalí Macedo

Devo mencionar, porque provavelmente muitos já esqueceram, que há alguns dias escrevi sobre o feminicídio de Mayara Amaral, estuprada, morta e carbonizada por três homens, dentre eles seu ex-namorado. As pessoas costumam esquecer dos feminicídios, então nunca é demais lembrar. Esse termo, aliás, me rendeu o bom e velho linchamento virtual: “feminicídio não existe, é […]

Fonte: Caso Mayara: a confissão de um assassino que se sabe perdoado. Por Nathalí Macedo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s