PF diz que delatores tiveram benefícios “sem ajudar em nada” | Brasil 24/7

Em relatório enviado ao juiz federal Sérgio Moro, a Polícia Federal criticou acordos de delação premiada firmados pelo Ministério Público Federal (MPF) com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, o doleiro Roberto Youssef e o lobista Fernando Falcão, o Fernando Baiano, em inquérito contra o ex-ministro Antônio Palocci; “No presente caso, os colaboradores em nada auxiliaram os trabalhos investigativos, muito embora tenham sido beneficiados para tanto. Pelo contrário, auxiliaram apenas na manutenção de investigação com pouquíssima perspectiva de resolução”, diz o relatório

Fonte: PF diz que delatores tiveram benefícios “sem ajudar em nada” | Brasil 24/7

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s