Não é só por Rafael Braga | Brasil 24/7

A injusta condenação penal do catador de objetos usados Rafael Braga, um jovem negro, é bastante emblemática sobre a situação de vulnerabilidade em que vive historicamente as populações excluídas em nosso país. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro negou por 2 x 1 o pedido de Habeas Corpus para Rafael Braga e resolveu seguir a lógica do sistema dominante de julgar e condenar uma pessoa considerando apenas a sua condição social

Fonte: Não é só por Rafael Braga | Brasil 24/7

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s