Vítima de João de Deus se matou, diz ativista

A coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo informa que a ativista social Sabrina Bittencourt, que recebeu as primeiras denúncias contra João de Deus, afirma que uma das vítimas do médium cometeu suicídio nesta quarta (12), informa Bruna Narcizo. “Ela se desesperou quando viu que ele foi trabalhar hoje de manhã”, diz a ativista. Sabrina afirma que […]

Fonte: Vítima de João de Deus se matou, diz ativista

Doria diz que PSDB não estará na base, mas irá ajudar Bolsonaro

Da Agência Brasil: O governador eleito de São Paulo, João Doria, afirmou hoje (12) em Brasília, após participar de reunião do Fórum de Governadores, que o seu partido, o PSDB, não fará parte da base de sustentação do governo de Jair Bolsonaro, mas ajudará na aprovação de projetos que tratem da geração de emprego e […]

Fonte: Doria diz que PSDB não estará na base, mas irá ajudar Bolsonaro

Bolsonaro defende que leis trabalhistas se aproximem da informalidade

Da Folha de S. Paulo: O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), defendeu mudanças nas leis trabalhistas para que elas se aproximem da “informalidade”. “No que for possível, sei que está engessado o artigo sétimo [da Constituição], mas tem que se aproximar da informalidade”, disse o presidente eleito em reunião com deputados do DEM nesta quarta-feira […]

Fonte: Bolsonaro defende que leis trabalhistas se aproximem da informalidade

Colostomizado, Bolsonaro faz flexões com agentes da PF

De acordo com a coluna do Lauro Jardim no jornal O Globo, Jair Bolsonaro visitou na manhã de hoje policias federais do Comando de Operações Táticas, a elite da PF, em Brasília. Mesmo com a bolsa de colostomia fez flexões com os agentes.

Fonte: Colostomizado, Bolsonaro faz flexões com agentes da PF

Bolsonaro condena uso do WhatsApp pelo PSL

Da Agência Brasil Dono da segunda maior bancada para a Câmara, com 52 parlamentares eleitos, o PSL não deverá disputar o comando da Casa em 2019. A afirmação foi feita pelo atual líder da bancada, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP). Integrantes do partido eleitos para o Congresso Nacional se reuniram com o presidente eleito, […]

Fonte: Bolsonaro condena uso do WhatsApp pelo PSL

O Mito comeu a língua do Moro

Moro, antes falastrão em um cargo jurídico, onde atuava de forma política, cala-se ao alçar voo para um cargo político de indicação política, onde teria toda a liberdade do mundo para opinar sobre o que bem entendesse; O presidente eleito Jair Bolsonaro vai embebedar o Juiz com o poder que ele tanto anseia e seu destino no STF mas, para isso, o Mito comeu a língua do Moro

Fonte: O Mito comeu a língua do Moro

Não vai ter outro AI-5, nem precisa: a eleição legitimou a nova ordem

“Aos que me perguntam se, 50 anos depois, corremos o risco de ter um novo Ato Institucional Nº 5, o golpe dentro do golpe da ditadura militar, respondo com convicção: não, não há perigo. Nem precisa. As circunstâncias hoje são completamente diferentes daquela época”, relata Ricardo Kotscho, Jornalista pela Democracia; “A nova ordem que se instala no dia 1º de janeiro de 2019 já começa legitimada pelas urnas, com todos os instrumentos para impor seus projetos de poder, um governo ultraliberal na economia e ultraconservador nos costumes”, escreve ele em sua coluna

Fonte: Não vai ter outro AI-5, nem precisa: a eleição legitimou a nova ordem

Vivas à liberdade na véspera do AI-5

“Às 22h30 por cadeia nacional de rádio, o locutor Alberto Cury leu, ao lado do ministro da Justiça, autor do monstrengo autoritário, os 12 artigos do AI-5, que deu a Costa e Silva poderes que um presidente da República brasileiro jamais teve. Mais que Getúlio no Estado Novo”, lembra o colunista Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia; “Não houve nenhuma reação dos deputados ao fechamento do Congresso. Não foi convocada sessão extraordinária, ninguém discursou. Até mesmo o líder da oposição, Mário Covas, entrou em seu carro oficial e seguiu para a sua residência. O Congresso só seria reaberto um ano depois para votar a aprovar a pena de morte”

Fonte: Vivas à liberdade na véspera do AI-5

AI-5: necessário lembrar para que não se repita

Jurista e professor Leonardo Yarochewsky relembra as arbitrariedades praticadas durante a ditadura que foram ancoradas no Ato Institucional nº 5, que completa 50 anos, e traz o tema para os dias atuais; “Destaca-se que o golpe de 1964, como tantos outros, apresentou como pretexto o combate à corrupção, as “ideologias” subversivas e a preservação dos valores morais e da família. Por tudo, notadamente, em nome do Estado democrático de direito e do respeito a dignidade da pessoa humana como seu postulado, quando, ainda, os direitos humanos são colocados em xeque, é necessário que estejamos sempre vigilantes para que a história não se repita”, diz

Fonte: AI-5: necessário lembrar para que não se repita

Vitória contra o obscurantismo: arquivado o Projeto de Lei da Escola sem Partido | Brasil 247

O arquivamento do projeto de lei que tentou amordaçar as instituições escolares, públicas e privadas, como se pode inferir, é uma importante conquista dos setores mais progressistas da sociedade brasileira; de forma mais ampla é um triunfo da resistência mais progressista da sociedade aos ataques sobre direitos e liberdades

Fonte: Vitória contra o obscurantismo: arquivado o Projeto de Lei da Escola sem Partido | Brasil 247

Por Lula Livre, PT precisa virar à esquerda da institucionalidade | Brasil 247

Em artigo para o Jornalistas pela Democracia, o jornalista Aquiles Lins, editor do 247, avalia que a trajetória do PT foi marcada pela defesa das instituições, mesmo depois que elas se voltaram contra o partido e seu maior líder; para Lins, o golpe contra Dilma Rousseff e a prisão de Lula “indicam, inequivocamente, que a via institucional está interditada para o PT”; “É o momento da via popular se tornar hegemônica, se não quisermos ver Lula sair de Curitiba direto para o cemitério da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo. A via institucional não irá libertar Lula. Só com o povo na rua teremos Lula Livre”

Fonte: Por Lula Livre, PT precisa virar à esquerda da institucionalidade | Brasil 247

É melhor já ir se acuando | Brasil 247

Não teve sinal de arminha, nem levantou o tripé do microfone para “fuzilar a petralhada”. O Jair Bolsonaro que se apresentou naquela chocante diplomação da segunda-feira (10) não parecia o Rambo, o corajoso que vai enfrentar os corruptos. Era um homem acuado, frágil, de aparência moribunda e como o mesmo discurso vazio que encantou seus eleitores raivosos e entorpecidos

Fonte: É melhor já ir se acuando | Brasil 247

O sumiço do assessor dos Bolsonaro | Brasil 247

O colunista Jeferson Miola aponta o desaparecimento do PM Fabricio Queiroz, o ex-assessor do deputado Flávio Bolsonaro (PSL) que movimentou R$ 1,2 milhão em transações suspeitas; “Estranha muito o sumiço também do ministério público, do judiciário e da polícia federal, que até agora ainda não comunicaram quais providências serão adotadas no caso”, diz Miola; “Se alguém está escondendo ou acobertando Queiroz, estará obstruindo o trabalho da justiça. Idem se estiver montando e ensaiando a versão que será apresentada por Queiroz”

Fonte: O sumiço do assessor dos Bolsonaro | Brasil 247

Chacina de Campinas é um grito contra política de Bolsonaro | Brasil 247

“Assasinato de quatro inocentes no fim de uma missa em Campinas coloca em questão a proposta de liberação de armas, um dos pontos principais do programa de Jair Bolsonaro,” escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247. “Nos Estados Unidos, país que inspirou a proposta do presidente diplomado, estatísticas do FBI mostram que, para cada pessoa morta quando cometia um crime, 34foram assassinados sem motivo algum. Num país onde é possível encomendar fuzil metralhadora pelo Correio, eram pessoas que estavam na hora errada, no lugar errado. ”

Fonte: Chacina de Campinas é um grito contra política de Bolsonaro | Brasil 247

O recado de Putin a Bolsonaro | Brasil 247

Colunista Guilherme Coutinho destaca que “a política internacional não é jogada com blefes e fake News e o governo eleito precisa aprender isso muito antes que coloque a soberania e o povo brasileiros em risco”; “Os bombardeiros russos vieram mostrar que a Venezuela ainda tem aliados importantes, não importa o quão grande seja o novo aliado dos EUA no continente. A autodeterminação dos povos ainda é um princípio universal e está cravada como cláusula pétrea em nossa constituição. Afinal, não se pode agir como os EUA, com orçamento e exército de Brasil. Digam para o presidente eleito, Putin mandou avisar”, escreve ele

Fonte: O recado de Putin a Bolsonaro | Brasil 247