Há dois dias, Zema comemorou expansão de mineradora em Brumadinho

Há dois dias o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, publicou em sua conta no Instagram uma foto comemorando que a Vallourec estava expandindo a mineração em Brumadinho. A empresa prometeu investir R$ 220 milhões na expansão da capacidade produtiva da sua unidade de mineração – Mina Pau Branco –, localizada na Serra da Moeda. […]

Fonte: Há dois dias, Zema comemorou expansão de mineradora em Brumadinho

Estado de Direito, ou Direito de Estado? | Brasil 247

Para quem ainda não percebeu a gravidade da situação, eu sugiro abrir bem os olhos enquanto é tempo e podemos acessar informações livremente. Até isso pode mudar em breve e as informações disponibilizadas serão aquelas que agradam ao poder. Existem meios de bloquear sites e serviços na Internet e inúmeros regimes totalitários, ou muito próximo disso, já o fazem. Todos têm uma boa desculpa para isso.

Fonte: Estado de Direito, ou Direito de Estado? | Brasil 247

Será Jean Wylllys apenas o primeiro autoexilado de um novo regime miliciano? | Brasil 247

“Como a desembargadora Castro Neves continua solta, três anos após fazer a ameaça, o deputado federal reeleito Jean Wyllys (PSOL-RJ) decidiu renunciar ao mandato e se autoexilar para sobreviver ao novo regime miliciano-fundamentalista, instalado no país há apenas 25 dias, 55 anos após o golpe militar que o presidente Jair Bolsonaro defende”, diz Ricardo Kotscho, do Jornalistas pela Democracia; “A gente esquece, mas em 1964 e 1968 muitos outros brasileiros perseguidos pelo regime militar partiram para o autoexílio”, afirma; “Por não querer ser mártir nem herói, seguindo o conselho de Pepe Mujica, um símbolo da luta pela democracia na América Latina, Jean Wyllys resolveu jogar a toalha, puxar o time, viver em outro lugar mais civilizado”

Fonte: Será Jean Wylllys apenas o primeiro autoexilado de um novo regime miliciano? | Brasil 247

Jean Wyllys, será que você fez o certo? | Brasil 247

Ao comentar sobre o exílio do deputado Jean Wyllys (PSol-RJ), o colunista Ricardo Melo, do Jornalistas pela Democracia, afirma que o parlamentar “demonstrou coragem incomum, mesmo antes de assumir um mandato, ao explicitar sua condição de homossexual num momento em que o respeito aos direitos dos LGBT não ganhara tanta projeção”; “Combateu as teses reacionárias e homicidas do hoje presidente Bolsonaro com altivez, firmeza e destemor”, acrescenta; “Desafiou o ex-capitão em público durante a votação do impeachment da presidenta honesta Dilma Rousseff. Sempre militou no campo de defesa das liberdades democráticas”

Fonte: Jean Wyllys, será que você fez o certo? | Brasil 247

A equação Mourão | Brasil 247

“Alguns dos três principais fatos da semana, que foram o fiasco de Jair Bolsonaro em Davos, a descoberta das ligações entre sua família e o Escritório do Crime, a milícia suspeita de matar a ex-vereadora Marielle Franco, e o veto da Arábia Saudita às importações de carne brasileira, apontam para o fim precoce de uma administração que já se revela falida”, diz o jornalista Leonardo Attuch, editor do 247. “Em 2018, na disputa presidencial, a elite brasileira teve a opção de escolher entre um professor universitário e um político profissional, que passou 28 anos proferindo discursos de ódio. Escolheu-se a segunda opção. Agora, cabe ao país encontrar a porta de saída”

Fonte: A equação Mourão | Brasil 247

Decreto de Mourão faz parte da guerra à imprensa | Brasil 247

Para Alex Solnik, do Jornalistas pela Democracia, “o decreto assinado pelo vice Hamilton Mourão e elaborado pelo ministro da Justiça Sérgio Moro destrói o principal fundamento da Lei de Acesso à Informação, de 2011” ao tornar o sigilo “quase uma regra ao aumentar para mais de 260 o número antes restrito de servidores que poderão classificar informações ou documentos relativos ao governo como secretos e ultrassecretos”

Fonte: Decreto de Mourão faz parte da guerra à imprensa | Brasil 247

Desembargadora que atacou Marielle diz que tem “certeza absoluta” do envolvimento de Jean Wyllys no atentado a Bolsonaro

Ao explicar sua decisão de abrir mão do mandato e sair do Brasil, Jean Wyllys citou a desembargadora Marília Castro Neves, a mesma que difamou Marielle Franco nas redes sociais. Marília, diz Jean, “sugeriu a minha execução num grupo de magistrados no Facebook”. Ela disse que era a favor de uma execução profilática, mas que eu […]

Fonte: Desembargadora que atacou Marielle diz que tem “certeza absoluta” do envolvimento de Jean Wyllys no atentado a Bolsonaro

MP do Rio recebeu imagens de caixas eletrônicos onde Fabrício Queiroz fez transações suspeitas

O Painel, da Folha, informa que o Ministério Público do Rio de Janeiro recebeu imagens registradas por caixas eletrônicos usados para depósitos de dinheiro em espécie no caso Fabrício Queiroz. A assessoria do MP do Rio informou que, além de o caso estar sob sigilo, a decisão do STF que travou a investigação impede qualquer manifestação a […]

Fonte: MP do Rio recebeu imagens de caixas eletrônicos onde Fabrício Queiroz fez transações suspeitas

Lei aprovada por unanimidade em Angola determina fechamento de igrejas evangélicas picaretas

Do Angola 24 Horas: A Assembleia Nacional de Angola aprovou hoje por unanimidade a nova Lei sobre a Liberdade de Religião, Crença e Culto, diploma legal que define regras para disciplinar a constituição e organização das confissões religiosas. Durante a 2.ª reunião plenária ordinária da Assembleia Nacional angolana, que decorreu hoje, os deputados aprovaram o […]

Fonte: Lei aprovada por unanimidade em Angola determina fechamento de igrejas evangélicas picaretas

Falastrão sobre a Venezuela, FHC se cala sobre Jean Wyllys

O tuíte mais recente do falastrão Fernando Henrique Cardoso: A situação da Venezuela exige podicionamento. Embora acredite que soluções políticas devam ser do país, não há como calar: é preciso devolver ao povo a liberdade e a democracia, que lhe foram usurpadas. Todo poder à Assembleia Nacional para convocar eleições sem fraude. Basta! — Fernando […]

Fonte: Falastrão sobre a Venezuela, FHC se cala sobre Jean Wyllys

Globo X Bolsonaro: tem “urso” na Esplanada? | Brasil 247

“Circula no Congresso Nacional que as informações do COAF que comprometem Flávio Bolsonaro estão sendo vazadas também pela equipe de Sérgio Moro. Segundo estas fontes, o Clã erra feio ao apontar o dedo apenas para o (MP-RJ)”, diz o colunista Ricardo Cappelli; “A agenda de Moro se chocará inevitavelmente com a política e com a ala financista do governo. O ministro da Justiça e Segurança Pública parece só possuir dois caminhos. Dominar informações que lhe permitam ‘controlar’ o governo ou se isolar e ser expelido pelo sistema”, afirma; “É bom Jair ficar atento. São fortes os indícios da presença de um ‘Amigo Urso’ na Esplanada”, acrescenta

Fonte: Globo X Bolsonaro: tem “urso” na Esplanada? | Brasil 247

Fantasma do Vietnã ameaça aventura de Trump na Venezuela | Brasil 247

“Até setores da oposição a Maduro reconhecem a imprudência de atacar um governo protegido por um exército reestruturado pelo chavismo a partir de 2002,” escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247. “Mais do que apoiar o governo, as Forças Armadas estão entrelaçadas nas raízes do Estado venezuelano, nos ministérios, em postos estratégicos nas estatais, a começar pela petroleira PDVSA, que zela pela grande riqueza nacional”. Mesmo assim, PML reconhece que não se deve apostar num conflito rápido: “em 2020 Trump estará em plena disputa pela reeleição — uma época ideal para aventuras externas, como percebeu George W Bush ao ganhar o segundo mandato graças a invasão do Afeganistão”.

Fonte: Fantasma do Vietnã ameaça aventura de Trump na Venezuela | Brasil 247

Afasta de mim esse Flávio | Brasil 247

O jornalista Alex Solnik, que também é Jornalista pela Democracia, afirma que “o principal problema do governo chama-se Flávio Bolsonaro”; “Decisões que dificultam acesso a informações, principalmente de familiares de políticos, e limitam divulgação de dados sobre movimentações financeiras vieram logo a seguir ao tsunami provocado pelas revelações acerca de atividades, declarações e modus vivendi do filho do presidente. E, embora em diapasão menor, do filho do vice-presidente” diz Solnik

Fonte: Afasta de mim esse Flávio | Brasil 247

Acabou, Clóvis Rossi, fuja enquanto dá | Brasil 247

O linguista Gustavo Conde devolve a Clóvis Rossi a impostura retórica que se apoderou de seu trabalho de jornalista; irreverente, Conde parodia Rossi e faz um apelo para que coloquemos o jornalismo de quinta categoria em um avião para Miami e o despachemos com honras de ‘ditadores da editocracia’; antes, ele se lamenta: “nunca vi, em tantos e tantos anos de leitura sôfrega do jornal Folha de S. Paulo, uma autoavacalhação tão impressionante como a que conseguiu realizar o jornalista veterano Clóvis Rossi”

Fonte: Acabou, Clóvis Rossi, fuja enquanto dá | Brasil 247