Bolsonaro, que dificulta auxílio emergencial, coloca terror: sem renda, as pessoas não vão ter o que comer – Brasil 247

Jair Bolsonaro anunciou em fala a jornalistas em frente ao Palácio da Alvorada que começará na semana que vem o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial, mas advertiu: “a União não tem como continuar pagando isso, o endividamento nosso está bastante grande”

Fonte: Bolsonaro, que dificulta auxílio emergencial, coloca terror: sem renda, as pessoas não vão ter o que comer – Brasil 247

VÍDEO – Bolsonaro tenta comparar mortes por covid-19 no Brasil e na Argentina e erra a conta

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu uma comparação entre o número de mortes causadas pelo coronavírus no Brasil e na Argentina, durante coletiva de imprensa nesta quinta (14). “É só você fazer a conta por milhão de habitantes”, disse o sujeito, mostrando que não consegue fazer uma simples conta de regra de três. A comparação proposta por […]

Fonte: VÍDEO – Bolsonaro tenta comparar mortes por covid-19 no Brasil e na Argentina e erra a conta

Bolsonaro finge trégua com governadores, mas pede a empresários que pressionem: “é guerra” – Brasil 247

Na porta do Alvorada, Bolsonaro disse que está disposto a conversar com governadores sobre medidas para conter a pandemia, mas em reunião com um grupo de empresários organizada pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, pediu pressão contra os governadores e disse que “é guerra”

Fonte: Bolsonaro finge trégua com governadores, mas pede a empresários que pressionem: “é guerra” – Brasil 247

Projeto defende democratização do acesso aos leitos de UTI | Partido dos Trabalhadores

No Senado Federal, projeto prevê a centralização e planejamento dos leitos de UTI no SUS, para assegurar acesso universal ao tratamento dos pacientes da Covid-19. “Nós vamos precisar dos leitos do setor privado e do setor público. Do contrário, será uma pandemia seletiva. Matar os pobres e proteger os ricos

Fonte: Projeto defende democratização do acesso aos leitos de UTI | Partido dos Trabalhadores

Se parar o Bolsonaro pega e se correr o Hamilton Mourão está aí – Brasil 247

“Como vislumbrar saída, quando se tem em perspectiva uma tentativa de afastamento do presidente, pela via da Câmara, onde Bolsonaro gritantemente compra votos do centrão, ou pelo impeachment, quando no fim do processo o desfecho é Hamilton Mourão no poder?”, escreve a jornalista Denise Assis

Fonte: Se parar o Bolsonaro pega e se correr o Hamilton Mourão está aí – Brasil 247

Auditoria do TCE vê irregularidades em licitação de mais de R$ 9 milhões para compra de celulares pela Prefeitura do Recife e sugere Alerta de Responsabilização

Blog de combate à corrupção e fiscalização da gestão pública

Fonte: Auditoria do TCE vê irregularidades em licitação de mais de R$ 9 milhões para compra de celulares pela Prefeitura do Recife e sugere Alerta de Responsabilização

A crônica de um genocídio

O termo genocídio passou a ser utilizado de forma mais comum por jornalísticas e pelas ciências sociais depois do holocausto nazista que mandou milhões de judeus, ciganos, homossexuais, comunistas e deficientes físicos para campos de concentração e câmaras de gás. No entanto, este não é o único exemplo histórico de genocídio.

Fonte: A crônica de um genocídio

Maia diz que mudou visão sobre o SUS: “Eu tinha uma visão muito pró-mercado” | Congresso em Foco

Ao participar de seminário virtual nesta quinta-feira (14) para discutir a retomada da economia no pós-pandemia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu fortalecimento do tema da assistência social. “Eu tinha uma visão muito pró-mercado privado de saúde, mas a gente vê que o SUS [Sistema Único de Saúde] é importante”, admitiu ele. > Bolsonaro livra […]

Fonte: Maia diz que mudou visão sobre o SUS: “Eu tinha uma visão muito pró-mercado” | Congresso em Foco

É mentira: Bolsonaro diz que proporcionalmente morre mais gente por coronavírus na Argentina do que no Brasil; veja dados | Revista Fórum

Presidente também citou como exemplo a Suécia, único dos países escandinavos que não adotou o isolamento, e o que tem os piores números no enfrentamento à pandemia

Fonte: É mentira: Bolsonaro diz que proporcionalmente morre mais gente por coronavírus na Argentina do que no Brasil; veja dados | Revista Fórum

Equipe de Guedes fortalece discurso de Bolsonaro – Brasil 247

“Ninguém sabe, dentro e fora do governo, quanto tempo vai durar esse estado de coisas. Mas a entrada do Ministério da Economia, ao lado do presidente, na guerra em torno da suspensão do isolamento preocupa governadores, prefeitos e políticos em geral”, escreve a jornalista Helena Chagas

Fonte: Equipe de Guedes fortalece discurso de Bolsonaro – Brasil 247

Bolsonaro desautoriza Teich sobre uso da cloroquina: “Eu que vou resolver” – Brasil 247

“Votaram em mim para eu decidir, essa decisão passa por mim. Acredito no trabalho dele, mas essa questão eu vou resolver”, disse Bolsonaro, sobre o uso da cloroquina no tratamento do novo coronavírus, desautorizando o ministro da Saúde Nelson Teich

Fonte: Bolsonaro desautoriza Teich sobre uso da cloroquina: “Eu que vou resolver” – Brasil 247

Bolsonaro vai permitir cerveja com corantes, espuma artificial e sem lúpulo – Brasil 247

Na avaliação de pequenos produtores, mudança tem como objetivo baratear a produção das grandes cervejarias e deverá resultar em mais agrotóxicos e menos qualidade nas cervejas

Fonte: Bolsonaro vai permitir cerveja com corantes, espuma artificial e sem lúpulo – Brasil 247

“As milícias bolsonaristas não vão aceitar a derrota e as esquerdas precisam se precaver”, diz historiador. Por Laércio Portella

PUBLICADO NO MARCO ZERO CONTEÚDO POR LAÉRCIO PORTELA Bolsonaro constituiu um dispositivo de milicianos e paramilicianos ligados às polícias militares que não vão aceitar a alternância de poder em caso de derrota no projeto de reeleição do atual presidente. A análise é do historiador Daniel Aarão Reis, professor da pós-graduação em História na Universidade Federal […]

Fonte: “As milícias bolsonaristas não vão aceitar a derrota e as esquerdas precisam se precaver”, diz historiador. Por Laércio Portella