Delação de Palocci é arma para bombardear Lula | Brasil 247

“A delação do Palocci através da PF é como a mentira inventada pelo presidente Donald Trump para atacar criminosamente a Síria: mais um artefato fabricado pelo fascismo jurídico-midiático da Globo e da Lava Jato para – também criminosamente – bombardear Lula”, escreve o colunista Jeferson Miola; “O que causou a mudança no entendimento do Moro, dos procuradores e da Globo, que de uma hora para a outra passaram a validar a delação do Palocci?”, questiona

Fonte: Delação de Palocci é arma para bombardear Lula | Brasil 247

Damous bate duro no STF: optou pela barbárie | Brasil 247

Deputado Wadih Damous (PT-RJ) afirma que “a irresponsável e ardilosa autorização dada pelo Supremo Tribunal Federal para que Moro determinasse a prisão do ex-presidente Lula, antes mesmo de esgotados os seus recursos legais contra uma decisão condenatória, vai muito além do caso concreto e coloca o Brasil na mais profunda barbárie social”; “O STF, que deveria ter como função a de corrigir e fazer cessar o arbítrio, tem optado, pela maioria dos seus membros, por referendá-lo”

Fonte: Damous bate duro no STF: optou pela barbárie | Brasil 247

Mensalão tucano: defesa de Azeredo recorre de condenação | Brasil 247

O TJ-MG confirmou nesta segunda-feira (30) que a defesa do ex-governador de Minas Eduardo Azeredo (PSDB) entrou com novo recurso na segunda instância, chamado de embargos de declaração. Neste recurso, a defesa pede explicações dos desembargadores sobre a decisão; pivô do mensalão tucano, Azeredo foi condenado por peculato e lavagem de dinheiro pela primeira vez em dezembro de 2015, quando foi sentenciado a 20 anos e 10 meses de prisão

Fonte: Mensalão tucano: defesa de Azeredo recorre de condenação | Brasil 247

‘Hoje, os juízes são os carcereiros’: Ex-preso político uruguaio envia livro escrito no cárcere para Lula – Sul 21

Da Redação “Quando fui preso, antigamente, o preso tinha todo o tempo do mundo enquanto aguardava o julgamento – se é que fosse para um juiz. Hoje, os juízes são os carcereiros.” Guillermo Rallo era comerciante. Com o avanço da crise econômica que atingiu o Uruguai na década de 50, e o processo de declínio social […]

Fonte: ‘Hoje, os juízes são os carcereiros’: Ex-preso político uruguaio envia livro escrito no cárcere para Lula – Sul 21

‘Se tentarem tirar Lula daqui pra dificultar nossos passos, a gente vai pra onde ele for’ – Sul 21

Desde o primeiro dia do acampamento, em Curitiba, mais de 20 toneladas de alimentos já passaram pela central de doações. “Nós temos alimentação para garantir os dias de resistência que vierem pela frente”, diz Zenilda Lisboa Pereira.

Fonte: ‘Se tentarem tirar Lula daqui pra dificultar nossos passos, a gente vai pra onde ele for’ – Sul 21

Os caminhos que o PT terá que percorrer de agora até as eleições de outubro

Deu no Brasil247: o cientista político e professor da Fundação Escola de Sociologia e Política (FESPSP) Aldo Fornazieri reflete sobre as decisões que o PT deverá tomar com vistas às eleições presidenciais. Que escolhas o partido de Lula deverá fazer para que o campo progressista chegue unido às eleições presidenciais?

Fonte: Os caminhos que o PT terá que percorrer de agora até as eleições de outubro

Os que sempre estimularam o ódio político | Jornalistas Livres

Em editorial publicado no último domingo (29), o jornal Estado de São Paulo de alguma maneira volta aos tempos em que dava sustentação ao regime dos generais que controlou o país durante 21 anos. Traz uma análise do atentado a tiros contra o acampamento de apoiadores de Lula em Curitiba onde o jornal sustenta que a origem dos disparos seria, na verdade, o próprio PT – que, nas suas palavras, estimulara o confronto político durante 30 anos. É demais. Mesmo para Estadão. Eu só posso me perguntar como é possível que um veículo que apoiou dois golpes presidenciais em sua relativa breve existência, que silenciou sobre sequestros de militantes, torturas sistemáticas e que sempre deu guarida a políticos do ramo […]

Fonte: Os que sempre estimularam o ódio político | Jornalistas Livres

Para que serve o 1 de maio? | Jornalistas Livres

A verdade é que, nesse início do ano 3 do golpe, temos bem pouco para celebrar. O produto do nosso trabalho continua sendo alienado de nós. Uma exceção que anima é constatar o orgulho que transborda dos trabalhadores ligados ao MST, em suas feiras da reforma agrária. Porém a expropriação relatada na canção “Cidadão”, gravada por Zé Geraldo e composta por Lúcio Barbosa há cerca de 40 anos, continua sendo a regra: Tá vendo aquele edifício moço? Ajudei a levantar Foi um tempo de aflição Eram quatro condução Duas pra ir, duas pra voltar Hoje depois dele pronto Olho pra cima e fico tonto Mas me chega um cidadão E me diz desconfiado, tu tá aí admirado Ou tá querendo […]

Fonte: Para que serve o 1 de maio? | Jornalistas Livres