Temer veta palavra “presidenta” em publicações da EBC | Brasil 24/7

Sob as novas regras do governo interino de Michel Temer (PMDB-SP), a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) deixou de usar a termo “presidenta”, para se referir à presidente afastada Dilma Rousseff; o uso do feminino da palavra era uma exigência de Dilma, para marcar o fato de ter sido a primeira mulher a assumir a Presidência da República, no país; a mudança teve início na semana passada, quando os funcionários receberam orientação para mudar a forma de tratamento do cargo no feminino, tanto na TV Brasil quanto na Agência Brasil e na Radiobrás

Fonte: Temer veta palavra “presidenta” em publicações da EBC | Brasil 24/7

Anúncios

Conselho pede resposta do STF sobre exoneração do presidente da EBC | Brasil 24/7

O Conselho Curador da EBC pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que dê celeridade em sua decisão sobre a legalidade da troca do diretor-presidente da empresa; o presidente interino Michel Temer exonerou Ricardo Melo da presidência da EBC e designou Laerte Rimoli para o cargo; no dia 18 de maio, o presidente exonerado entrou com um mandato de segurança com pedido de liminar para reaver o mandato, distribuído para o ministro Dias Toffoli; desde então, o caso aguarda decisão da suprema corte; o colegiado afirmou, em nota aprovada durante reunião nesta terça (31), que espera manifestação do Judiciário “na urgência que as circunstâncias exigem para que todos possam contribuir para a construção e o fortalecimento de um Brasil melhor, com uma comunicação mais democrática”

Fonte: Conselho pede resposta do STF sobre exoneração do presidente da EBC | Brasil 24/7

CGE de Minas apontou superfaturamento em obras do governo Anastasia | Brasil 24/7

A Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais identificou falta de estudos técnicos para embasar a obra, pagamentos para materiais e equipamentos sem justificativa, superfaturamento e pagamentos para itens que não estavam previstos ou eram inferiores aos que estavam no contrato no projeto “Cidade das Águas”, iniciado pelo governo de Antonio Anastasia, do PSDB, atualmente relator do processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado; a auditoria foi encaminhada ao MP, que abriu um inquérito civil sobre o caso e deflagrou ontem a Operação Aequalis, que levou à prisão do ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e ex-presidente do PSDB mineiro, Nárcio Rodrigues

Fonte: CGE de Minas apontou superfaturamento em obras do governo Anastasia | Brasil 24/7

CNMP nega pedido de Lula e mantém procurador da Lava Jato | Brasil 24/7

O Conselho Nacional do Ministério Público negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para afastar o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da força-tarefa da Lava jato, das investigações contra o petista e seus familiares; o conselho entendeu que não tem atribuição para analisar os questionamentos feitos pelos advogados e decidiu enviar o caso para a Corregedoria Nacional do Ministério Público avaliar se abre ou não algum tipo de procedimento para investigar a conduta do procurador; os advogados acusam o procurador de agir com parcialidade e antecipar juízo sobre as apurações envolvendo Lula e seus familiares sem ter nenhum fato concreto para imputá-lo como culpado

Fonte: CNMP nega pedido de Lula e mantém procurador da Lava Jato | Brasil 24/7

PT: Agenda ética do governo Temer se esfarelou | Brasil 24/7

A Executiva Nacional do PT aprovou texto de resolução nesta terça (31) com o título de “Não ao Golpe, Fora Temer, Em defesa da democracia, Nenhum direito a menos!” que aborda os últimos fatos políticos ocorridos no país; no documento, o PT aborda o vazamento de áudios que derrubaram Romero Jucá e Fabiano Silveira; segundo o partido, a “agenda ética” do governo interino de Michel Temer “se esfarela” após o vazamento de conversas entre o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado; além disso, o documento fala sobre a “compreensão sobre a natureza do golpe”, que cresce em diversos setores da sociedade brasileira

Fonte: PT: Agenda ética do governo Temer se esfarelou | Brasil 24/7

Defesa de Dilma pedirá inclusão de gravações de Machado no impeachment | Brasil 24/7

A defesa da presidente Dilma Rousseff vai pedir oficialmente à comissão especial do Senado que analisa o processo de impeachment que as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado sejam incluídas no caso; a peça será protocolada pelo advogado de Dilma, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, nesta quarta-feira, dia 1º de junho, na comissão; “Um dos pontos que nós vamos pedir para fazer é a juntada dessas fitas no processo. Vamos pedir que se oficie ao Ministério Público para que se tenha o empréstimo de provas, o que é absolutamente legítimo nesse caso”, disse

Fonte: Defesa de Dilma pedirá inclusão de gravações de Machado no impeachment | Brasil 24/7