Anúncios

Paulo Pimenta adicionou 5 novas fotos ao álbum “Golpistas – Brasil 2016 –” — com Maria Elza.
4 h ·

Esse espaço será reservado para perpetuar na memória do povo brasileiro, os nomes dos golpistas que foram derrotados na tentativa de golpe contra a democracia em 2016. Ajude a divulgar e a identificar outros traidores que ainda não estão no álbum, que será atualizado nos próximos dias com suas fotos. Divulgue seus nomes e faça seus comentários !!

Foto de Paulo Pimenta.
Foto de Paulo Pimenta.
Foto de Paulo Pimenta.
Foto de Paulo Pimenta.

Nos já estamos cansados de um sistema político que, dominado pelo poder econômico, excluiu a representação popular.
Defende os interesses do capital excluindo a participação cidadã.

Acredido na candidatura de Hélio Consolaro e Durvalina Garcia em Araçatuba.
Conheço suas histórias de luta, tenho certeza que fara diferente tanto na campanha eleitoral quanto na administração pública.
Será uma campanha militante, colaborativa e despojada .
Convido Todos que querem uma política participativa a entrarem na luta conosco.

Diretorio Municipal do PT.

Av. Ibirapuera, 220.
Jardim Planalto
Araçatuba.

A imagem pode conter: 1 pessoa , pessoas sorrindo , chapéu, óculos e óculos de sol

JUCÁ: TEM QUE TER IMPEACHMENT, NÃO TEM SAÍDA!

Com mais de R$ 1,5 bilhão desviado pela cúpula do PMDB Nacional ePSDB nos últimos 20 anos e com as operações de combate à corrupção avançando cada vez mais no país podemos ter uma noção exata das razões que motivaram o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff e a democracia a brasileira. Como foi dito por Jucá nos áudios revelados por Sérgio Machado, operador do PMDB em desvios de recursos públicos da Transpetro, subsidiária da Petrobrás, o impeachment serve para “estancar a sangria” e em um grande acordo nacional colocar o miShell, “aí parava tudo, delimitava onde está e pronto”. O impeachment de Dilma Rousseff, uma mulher honesta que jamais teve seu nome citado em delações, representa a vitória desse grupo, que há décadas rouba o Brasil.

‪#‎ForaTemer‬‪#‎NãoAoGolpe‬‪#‎EPP‬

A imagem pode conter: 6 pessoas , texto

SANDERS QUER EUA CONTRA O GOLPE

O senador Bernie Sanders, que incendiou a corrida presidencial dos Estados Unidos e quase derrotou Hillary Clinton nas primárias democratas, denunciou o golpe brasileiro na noite de ontem; “o controverso processo de impeachment mais parece um golpe de Estado”, disse. Sanders também pediu ação dos Estados Unidos contra o projeto Temer, “O esforço para destituir a presidente Rousseff não é um julgamento legal, mas sim político. Os Estados Unidos não podem permanecer em silêncio enquanto as instituições democráticas de um de nossos mais importantes aliados são atacadas. Temos que apoiar as famílias trabalhadoras do Brasil e exigir que essa disputa seja resolvida com eleições democráticas” .

A imagem pode conter: texto e uma ou mais pessoas

VAI TER FORA TEMER: DECISÃO JUDICIAL LIBERA MANIFESTAÇÕES DURANTE AS OLIMPÍADAS

Atendendo a um pedido do Ministério Público Federal, o juiz federal João Augusto Carneiro Araújo concedeu decisão favorável às manifestações do público durante os Jogos Olímpicos. Mais cedo pela manhã desta segunda (8), o deputado Paulo Pimenta havia pedido “providências urgentes” ao MPF para garantir a livre manifestação no país. Na decisão, o juiz determina que as forças de segurança e o Comitê

Ver mais

A imagem pode conter: 6 pessoas , texto

MAIS UM ATAQUE AO SUS

MAIS UM ATAQUE AO SUS

Ministério da Saúde apóia PEC que congela recursos dos SUS em 20 anos e cria grupo de trabalho para criar um plano de saúde segmentado, ou seja, que não garante o conjunto de procedimentos necessários ao tratamento que a pessoa venha a precisar – e por isso seria mais barato.

Proposta é cristalina: menos SUS e mais Planos de Saúde.

Ver mais

A imagem pode conter: 1 pessoa , texto

DANDO NOME AOS BOIS

DANDO NOME AOS BOIS

O The Intercept Brasil criou um almanaque dos novos líderes do governo brasileiro interino. O “Guia Olímpico dos Novos Líderes Brasileiros”, tem o objetivo de mostra os principais articuladores do golpe contra a presidenta Dilma, e o que pesa contra eles na justiça. Não é pouca coisa.

Fica ainda mais explícito, pra quem não quis, ou ainda não conseguiu enxergar, que o golpe foi dado justamente para acabar com a punição de corruptos, e não com acabar o a corrupção propriamente dita.

O guia começa com Michel Temer, o presidente interino acusado de receber R$ 5 milhões em propina da construtora OAS e foi citado 21 vezes na lista secreta da Camargo Correa, entre os políticos que teriam recebido “por fora”. (http://goo.gl/cXDF0w) (http://goo.gl/s1yiiM)

O ministro interino das Relações Exteriores, José Serra, foi citado por executivos da construtora OAS em acordo de delação premiada. Apesar das tentativas de encobrir o fato, teve seu nome revelado nos relatórios da polícia sobre o telefone de Marcelo Odebrecht. (http://goo.gl/P52oLI) (http://goo.gl/TQyygP)

Romero Jucá, primeiro ministro a cair por tentar acabar com a punição de políticos investigados na lava jato, é investigado na operação Zelotes por ter, supostamente, pedido 15 milhões, de um total de 45, na venda de uma Medida Provisória. Chegou a ter pedido de prisão, feito por um procurador. (http://goo.gl/pdOVOe) .

Aloysio Nunes, líder do governo golpista no Senado, é investigado no STF sob denúncia de ter recebido 500 mil para sua campanha em troca de contratos com estatais (http://goo.gl/9vSDQo).

Aécio Neves, que nunca aceitou a derrota nas urnas em 2014, foi cabo eleitoral do golpe e agora transita como presidente no Palácio do Planalto, é investigado por participar do esquemas em Furnas (http://goo.gl/QKmr3B)

Por último, a figurinha carimbada das páginas policiais. Eduardo Cunha, réu em dois processos no STF, acusado de receber 5 milhões de dólares em propinas, guardados em contas na Suíça, enfrentando um processo de cassação por mentir no Conselho de Ética da Câmara, quando negou possuir contas no exterior. (http://goo.gl/qbAiGD)

São esses os maiores nomes do governo Temer, dos líderes de um golpe que usurpou a presidência de uma mulher honesta e sem manchas na carreira. Todos eles foram, de uma maneira ou de outra, relacionados a corrupção. Nenhum foi forçado a depor ou condenado antes do julgamento, como já vimos acontecer com outros.

A imagem pode conter: 6 pessoas , texto